Redes sociais são divertidas, mas não são brincadeira

As grandes empresas já entenderam que as Redes Sociais, principalmente Facebook, Instagram e Twitter, são poderosas ferramentas de comunicação e engajamento com o público. Por isso, a maioria delas profissionalizam a gestão de suas fanpages e perfis. Grandes exemplos são o Subway (fb/subwaybrasil), Jeep (@jeepofficial) e até a prefeitura de Curitiba, que se tornou case […]
Tempo de leitura: 3 minutos

Com os diversos memes, “zoeiras” e sacadas inteligentes presentes nas redes sociais, hoje as empresas podem ter dificuldade em enxergar a linha tênue entre o inovador e o insensato. Tire suas dúvidas!

Qual foi o último meme que você conferiu hoje? Com certeza você já está recebendo diversas criações como essas nos grupos de Whatsapp ou no seu feed nas redes sociais. Mas, quando se trata de um perfil empresarial, será que é válido continuar utilizando essa comportamento?

Uma simples postagem em redes sociais pode ser o fim de toda uma reputação construída por uma marca. Ao mesmo tempo, pode ser o início dos seus minutos de fama e visibilidade. Está na hora de você entender esse universo e utilizar essa abordagem no perfil da sua empresa apenas para o bem!

Confira agora mesmo alguns cases de marcas que exemplificam boas práticas. Em seguida, fique ligado nas dicas primordiais para o bom uso das redes sociais!

Grandes empresas reconhecem o poder das redes sociais

As grandes empresas já entenderam que as redes sociais são poderosas ferramentas de comunicação. Por isso, a maioria delas profissionalizam a gestão de suas fanpages e perfis. A sua empresa também pode aumentar o engajamento da sua audiência com a marca! Porém, é preciso se manter atento.

Diversos cases de sucesso e fracasso são divulgados com frequência atualmente. Na prática, quanto mais você for capaz de se relacionar com a audiência de uma forma humanizada, condizente, honesta e inovadora, maiores são as chances de acertar. Mas uma boa forma de saber como agir é observando a abordagem das empresas que acertaram em sua estratégias.

A Netflix, por exemplo, dá uma aula de personalidade ao lidar com o seu público nas redes sociais. Pode se destacar, principalmente, as interações que a marca promove no Twitter e no Facebook. O perfil 100% humanizado troca respostas com atores, influenciadores e usuários de uma forma autêntica e extremamente customizada.

Se você se informar mais, verá que o posicionamento da Netflix é extremamente alinhado. Além, disso, a marca tem uma capacidade afiada para dar respostas que tocam imediatamente o seu público alvo, que regozija e ovaciona sua atitude com frequência.

Existem também exemplos bastante válidos de marcas que mandaram bem, ainda que de forma mais pontual e viral. Foi o caso da Domino’s Pizza. A marca recebeu um desafio do perfil Chapolin Sincero e, juntos, ambos realizaram a entrega de pizzas gratuitas para diversas pessoas desabrigadas, em situação de rua. O caso gerou muito engajamento, visibilidade e, principalmente, contribuiu para a consolidação de uma imagem positiva da marca de pizzas na visão de clientes e potenciais clientes.

Empreendedores devem extrair conhecimento de cases

Cases como os citados precisam servir como um exemplo da importância que as redes sociais possuem na construção da reputação de uma marca. O principal ponto que essas marcas possuem comum é o fato de entenderem que, ainda que sejam divertidas e descoladas, as redes sociais não são brincadeira.

Deixá-las nas mãos de qualquer pessoa pode ser um tiro no pé! Afinal, nelas, as notícias e publicações se espalham exponencialmente, para o bem ou para o mal. Em poucos minutos, você pode destruir uma imagem que demorou anos para construir.

Investir em uma gestão de marketing experiente e profissional é a melhor forma de assegurar que a sua marca terá um posicionamento positivo frente à possíveis polêmicas digitais.

Boas práticas fazem a diferença nos resultados

As pequenas e médias empresas ainda patinam um pouco no tema redes sociais. Então, se você pretende se aventurar nelas, aqui vão algumas dicas:

1. Faça um planejamento

Defina um objetivo e estabeleça metas e estratégias antes de colocar a mão na massa. Postagens aleatórias não são suficientes para alcançar resultados. Responda primeiro a essas perguntas:

  • Por que estou embarcando nessa?
  • O que pretendo com esse perfil/página?

Depois fica mais fácil concentrar esforços, direcionar as ações e mensurar o retorno. Afinal, “fazer por fazer” é perda de tempo, não acha? E tempo é dinheiro!

2. Contrate um especialista em mídias sociais

O mercado do marketing hoje oferece diversas soluções para quem quer investir em ter uma presença forte nas redes sociais. Porém, não basta contratar alguém que conheça a sua empresa e que entenda de comunicação: precisa ser um profissional que conheça as dinâmicas desse tipo de ferramenta e que saiba geri-las de forma eficaz e eficiente.

Mais importante ainda é compartilhar seu plano com a pessoa que irá executar esse trabalho. É essencial que ela saiba quais são os objetivos e metas a serem alcançados.

3. Faça investimentos

Não adianta acreditar que uma agência ou profissional de marketing irá fazer mágica, e que seguidores irão surgir aos milhares para engajar com o seu perfil nas rede sociais.

A não ser que sua empresa seja amplamente conhecida, dificilmente vai ganhar fãs sem fazer algum investimento inicial. Separe uma boa verba para isso e tenha mente que, desde que a estratégia seja bem estruturada, as recompensas virão a longo prazo e de forma duradoura.

Com essa leitura, você entendeu que é necessário ter jogo de cintura e, em geral, levar as redes sociais a sério. Lembre-se de se manter ligado em cases que sejam exemplos de boas práticas, principalmente aqueles que permeiam o seu segmento de atuação.

Quer aprimorar a gestão de redes sociais da sua empresa? Confira agora mesmo esses motivos para apostar em uma agência de marketing digital!

Compartilhe esse conteúdo!