Newsletter: entenda a importância de segmentar sua lista de e-mail

A newsletter é uma das ferramentas mais usadas no marketing digital. Alguns dos motivos para que o seu uso tenha se tornado tão frequente, se dá, principalmente, pelo seu custo acessível e a sua grande eficiência, capaz de proporcionar um contato direto entre milhares de clientes com a sua marca. No entanto, antes de fazê-la […]
Tempo de leitura: 3 minutos
email-mkt

email-mkt

 

A newsletter é uma das ferramentas mais usadas no marketing digital. Alguns dos motivos para que o seu uso tenha se tornado tão frequente, se dá, principalmente, pelo seu custo acessível e a sua grande eficiência, capaz de proporcionar um contato direto entre milhares de clientes com a sua marca. No entanto, antes de fazê-la é preciso segmentar a lista de e-mail.

Só assim, essa ferramenta de grande importância será eficaz na estratégia digital adotada pela sua empresa. Do contrário, todos os e-mails recebidos pelos seus clientes poderão cair na caixa de SPAM e outros em suas caixas de entradas marcados como não lidos. Por isso, confira agora a importância de segmentar a lista de e-mail!

Agrupar os clientes de acordo com o interesse

Quando falamos em segmentar a lista de e-mail, estamos focando em agrupar os clientes de acordo com suas características específicas. Desse modo, você poderá sempre enviar através de seus e-mails, conteúdo específico de interesse para cada grupo criado, possibilitando um engajamento ainda maior com a sua marca ou produto.

Para estabelecer o perfil de cada grupo, é importante buscar dados como idade, gênero, profissão, local onde reside e outras informações, que dependerão do foco da sua marca. Para obter essas informações e traçar adequadamente cada perfil dos grupos criados, é necessário possuir uma boa landing page (página com formulário para captação de dados do potencial cliente), assim ficará ainda mais fácil apurar os interesses de cada consumidor.

Poder criar conteúdo relevante para cada perfil

É de extrema importância produzir conteúdo atraente para cada grupo segmentado, assim suas newsletters obterão o resultado positivo e esperado, aumentando o interesse e engajamento do cliente pela sua marca. A segmentação do e-mail permite a criação de conteúdo mais relevante, aquele que é útil para um determinado grupo de pessoas em um determinado momento.

Aumentar a taxa de abertura de e-mail

Se você produz conteúdo relevante, adaptado para as necessidades do seu público, a taxa de abertura de e-mail aumenta consideravelmente. Além disso, maiores são as chances de conversão, pois o cliente passa a se identificar mais com o que você apresenta a ele. Se a sua empresa consegue se destacar neste quesito, maiores são as chances de se tornar uma referência de mercado.

Ter diferentes tipos de segmentação para o e-mail

Basicamente, existem dois tipos de segmentação adotados para a construção de listas de e-mail. O primeiro tipo é a divisão por dados. Como foi citado, essa divisão é mais corriqueira, podendo separar os grupos de interesses por idade, profissão, gênero e etc.

O segundo tipo, é a divisão por características comportamentais. Essa divisão é mais complexa, trata-se de levar em consideração a reação, ou melhor, a interação do cliente com a marca, após o recebimento do e-mail. A segmentação para lista de e-mail traz este benefício para a sua realidade. No entanto, ela deve ser aperfeiçoada de acordo com a estratégia de marketing digital adotada em sua empresa.

Segmentar a lista e-mail não é tarefa fácil, requer trabalho, dedicação e o mais importante, planejamento. Como não é mistério para ninguém, um trabalho bem elaborado, traz como consequência, resultados que farão toda a diferença no seu negócio.

E a propósito, falando em sucesso, quais os benefícios você acredita que segmentar a lista de e-mail pode trazer para a sua empresa? Não deixe de comentar!

Compartilhe esse conteúdo!