O impacto dos smartphones nas campanhas de marketing digital

Tempo de leitura: 2 minutos
smatphones

smatphones

Basta a gente olhar para os lados para ver que os celulares estão mais presentes do que nunca na vida das pessoas. Na rua ou em locais públicos, é comum observarmos as pessoas de olho na telinha, sozinhas ou em grupo.

Pela primeira vez o telefone celular ganhou do computador na disputa entre os brasileiros de “dispositivo mais utilizado para o acesso à internet”. A pesquisa foi feira pela TIC Domicílios 2015 do CGI.br (Comitê Gestor da Internet no Brasil) e foi divulgada nesse mês de setembro pelo Cetic.br (Centro Regional de Estudos para o Desenvolvimento da Sociedade da Informação).

Traduzindo em números, subiu de 19% (2014) para 35% (2015) o número de pessoas que acessam a internet somente pelo celular (principalmente entre classes sociais menos favorecidas – 65% dos brasileiros de classes D e E que utilizam a internet dependem do telefone celular – e áreas rurais). Mas o que mais impressiona – e deve ser motivo de atenção para empresários e empreendedores – é que, ao todo, 89% dos internautas do país estão conectados à grande rede via smartphone, enquanto 65% optam por computadores (mesa e portátil) ou tablets.

O uso da terceira tela impõe sim algumas limitações e impossibilita que o usuário tenha acesso a todas as possibilidades do mundo digital. Entretanto, para as estratégias de marketing e vendas, é um prato cheio. É possível pensar em experiências diferenciadas usando localização e integração com outros aplicativos. Além disso, o acesso às redes sociais e e-commerces é irrestrito e pode ser muito bem aproveitado pelas empresas para estreitar o relacionamento com o público e incentivar a compra.

Sua empresa está pronta para o desafio mobile?

 

 

Compartilhe esse conteúdo!