Logotipo horizontal Crux Marketing

Por que sua marca precisa de um site responsivo para converter e vender e mais

Tempo de leitura: 3 minutos
site responsivo

Imagine que um dia você sai para dar uma palestra sobre a sua empresa ou sobre o segmento em que atua. Lá, participa de um networking e conhece um potencial investidor para o seu negócio. Vocês combinam uma reunião em um coworking para aprofundarem a ideia. E o próximo passo é ele ir conhecer o espaço físico da sua empresa. Chegando lá, o que esse convidado vai encontrar?

A expectativa dessa pessoa é alta. Certamente ela pensa encontrar um lugar condizente com tudo aquilo que ela viu até aquele momento. E você tem a chance de surpreendê-la, positiva ou negativamente. Concorda?

A mesma reflexão é válida para o meio digital. Só é possível divulgar sua marca se sua “casa” estiver devidamente organizada, preparada para receber o visitante.

É partindo desse princípio que você deve considerar investir em um bom site responsivo. Quer garantir um site atualizado, capaz de cativar os visitantes de primeira? Confira as informações adiante!

Os consumidores buscam o máximo de conveniência

Um site responsivo consiste em um site projetado para se adequar a qualquer tipo de tela, independente da resolução. Ou seja, ele vai tem uma aparência coerente na tela de qualquer dispositivo móvel. Inclusive para aqueles que venham a ser lançados com resoluções diferentes das que conhecemos hoje.

Entenda porque a humanização é a chave para atrair clientes

O objetivo do site responsivo é permitir que ele possa ser acessado em um smartphone ou tablet, por exemplo, sem perder a qualidade da funcionalidade. Essa acessibilidade otimizada tem muito a ver com a importância de proporcionar uma boa experiência aos usuários. Mas, por que isso é importante para você?

Bom, o perfil dos consumidores de hoje é configurado por pessoas conectadas e exigentes. De acordo com o livro “Marketing 4.0: Do tradicional ao digital”, o ser humano, atualmente, considera o tempo um recurso escasso. Por conta disso, eles  buscam o máximo de conveniência possível em qualquer ação que precisem realizar no dia a dia, incluindo as transações, pesquisas e consultas via dispositivos móveis.

O livro aponta também que “a velocidade de entrega costuma ser tão importante quanto os produtos e serviços em si”. Ou seja, se o seu site demora mais do que 5 segundos para carregar, a tendência é que o visitante o feche e busque outra alternativa.

A grande vantagem do site responsivo nesse sentido é que ele já otimizado para carregar mais rapidamente nesses formatos variados de dispositivos móveis. Sendo assim, essa característica garante mais um ponto no quesito da experiência do usuário.

Sua marca está vivendo a era do mobile

Tendo em mente esse perfil do consumidor de hoje, você já analisou quantas alternativas essas pessoas possuem na palma da mão ao possuir um dispositivo móvel? Marcas como Uber e Airbnb, por exemplo, deram uma aula sobre o quanto acompanhar essa tendência de mercado pode ser lucrativo.

Valorizar ferramentas que tornem o seu site mais atrativo para versões mobile é o grande segredo para garantir proximidade com os clientes. A confirmação se dá de diversas maneiras. O próprio Google possibilita um rankeamento melhor em seus resultados orgânicos de busca para os sites responsivos. Principalmente quando essa busca é feita via dispositivo móvel.

4 dicas de SEO para a sua empresa aparecer mais na internet

Se você não se adequa a essa realidade, os usuários serão cada vez menos levados aos seu site. Mais do que isso, aqueles que ainda visitam a página, não se demorarão o suficiente pela falta de praticidade.

Um site responsivo incentiva a compra

Agora que você já sabe que tanto as pessoas quanto os dispositivos de busca dão preferência à sites responsivos, entenda como isso influencia na conversão e nas vendas. O principal conhecimento que você precisa levar em conta é: o nível de satisfação de um visitante do site aumenta significativamente a chance de ele adquirir um produto ou serviço. Por que isso acontece?

Bom, imagine que sua marca fez a uma campanha de divulgação por meio de redes sociais. Então, uma pessoa clica para comprar adquirir aquilo que você está oferecendo. Esse consumidor vai ser redirecionado para uma página dentro do seu site para finalizar a compra, certo?

Se essa página estiver desalinhada, ela não vai transmitir a confiança necessária para o cliente. Na verdade, ele vai ter uma sensação de que algo no processo de compra pode dar errado, por exemplo. Por conta disso, são altas as chances de essa pessoa desistir da compra. Dificilmente esse usuário vai se dar ao trabalho de abrir o site no computador.

Marketing de conteúdo: como funciona o funil de vendas?

Com essa leitura, ficou claro que ter um site responsivo é um pré-requisito hoje, certo? Agora que você absorveu todo esse conhecimento, este é o momento ideal para avaliar o status do seu site hoje. Ou seja, apurar se ele é um site responsivo, atrativo e intuitivo.

Se você ainda não tiver preparado bem essa casa para receber seus cliente no mundo digital, está na hora de correr atrás do prejuízo e fazer um aprimoramento. Conheça agora mesmo o trabalho de desenvolvimento de sites da Crux Marketing e considere repaginar o seu website!

Compartilhe esse conteúdo!